cine950.png

cine950.png
Blog dedicado a divulgação do Projeto História e Cinema, que discute o cinema como ferramenta pedagógica no trabalho com a disciplina História.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Cinema, cordel e História

A missão  3

No dia 22 de setembro, o CineHistória foi palco do lançamento do cordel Os Célebres Jesuítas, escrito pelo poeta e colaborador do Projeto História e Cinema, Zé Santana. Tudo ocorreu como esperávamos. Na ocasião exibimos o filme A Missão, de Roland Joffé.

dsc03250

Agradeço as professoras Rute e Margarida, que trabalharam o tema em suas aulas e levaram seus respectivos alunos para a sala de exibição. Lá, cada um dos participantes do evento foi presenteado com uma edição do cordel.

dsc03253

Antes da exibição do filme, Zé Santana falou um pouco sobre a ação da Companhia de Jesus no Brasil e eu expliquei o contexto histórico abordado no filme, que era a disputa de terras entre portugueses e espanhóis e a conseqüente expulsão dos jesuítas.

dsc03252

Agradeço a todos e até a próxima!

P.S.: o que acharam do filme? Postem os comentários.

9 comentários:

  1. O respectivo filme aborda questões relativas ao processo de colonização da américa, bem como as suas consequências no que diz respeito aos genocídios das "comunidades" indígenas aqui existentes. Quanto ao processo de politização, organização e catequização ocorrida da corôa para as tribos aqui existentes, podemos afirmar a predominância da violência dada à forma pela qual o processo ocorreu, sendo este executado - em parte - pela chamada companhia de Jesus.
    Na verdade os Jesuítas tiveram um papel preponderante quanto ao processo "civilizatório", estando os mesmos à serviço do estado, que, em algumas comunidades foram fiéis ao processo de catequização, isto é, aos objetivos que a companhia tinha enquanto ordem religiosa. Em outras palavras, como nos mostra o filme, vários Jesuítas, depois que conheceram a "natureza dos índios", decidiram ir até às últimas consequências, chegando a enfrentar o estado, mesmo sendo dizimados, como retrata uma das últimas cenas da respectiva metragem. Esse fato foi produto de uma discordância existentes entre o objetivo da companhia e os enteresses do estado. Estou, pois, elogiando o trabalho dos membros da companhia de Jesus que foram contrários aos interesses da corôa. Vários deles se tornaram verdadeiros heróis e mártires, já que não cederam aos interesses do Estado.

    Antonio Laurentino Feitosa

    ResponderExcluir
  2. O FILME A MISSÃO E BASTANTE INTERSSANTE, EMBORA EU TENHA CHEGADO NO FINAL. O MESMO DESCREVE O REQUINTE DE CRUELDADE COM QUE OS PORTUGUESES AGIRAM OA CHEGAR AO NOSSO PAIS,NA MANEIRA COMO TRATARAM OS INDIGENAS.

    CICERO BEZERRA DOS SANTOS

    ResponderExcluir
  3. Eu participei da exibiçâo do filme A Missão, achei de importancia, voltar ao passado através do cinema na sala de aula meus parabens ao projeto cine história.

    Tony Antonio Dos Santos.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pelo comentário Júnior. O seu conhecimento de História e sua formação filosófica contribuem bastante ao projeto História e Cinema. Concordo com você quanto ao papel dos jesuítas na história brasileira. Não há dúvida que eles contribuíram com o etnocídio, mas isso iria acontecer pelo andar do processo civilizatório. Mas sabemos que eles protegeram as aldeias, e a dizimação dos indígenas teria se dado a passos mais acelerados se não fosse a ação da Companhia de Jesus.

    ResponderExcluir
  5. Beleza, Tony. Obrigado por você estar nos ajudando com a feira de ciências. Quanto ao filme, fico feliz que você tenha gostado!

    ResponderExcluir
  6. Cição, espero que você depois veja o filme todo, mas agradeço a sua sempre presença nas exibições. Te aguardo na próxima, que será ainda esse mês.

    ResponderExcluir
  7. Estamos de volta na análise do dia do lançamento e a respeito, da unidade CINEMA E CORDEL, os detalhes sobre esse dia especial, a figura límpada do momento honroso dos JESUÍTAS, no filme A MISSÃO. Viemos hoje numa equipe nesse hora de suma importância fazer comentários como alunos do CEJA.
    A MISSÃO - É um dos filmes extraordinários do tempo da colonização, e há momentos sublime de contemplaçãos e meditação : A chegado dos portugueses e esponhois, e o lindo coral indígena em sublime acolhimento: a converção do MERCADOR DE ESCRAVOS, tornando-se um JESUÍTA, quando A CRIANÇA ( o índio ), limpa a espada e entrega ao ex-merceanário, que ora um homem convertido em assumida doutrina Jesuítica, era como quem dizia: " LUTE POR NÓS! e a mais emocionante, quando o pioneiro na libertação, catequése e educação por um todo, parte para a morte como quem tem consciência do Deus que acreditou e levou os indídios também a isso, que tem uma eternidade para todos e eles o seguem com sua coragem, alí lembrei-me do Apostólo Paulo, quando disse: COMBATI O BOM COMBATE, GUARDEI A FÉ!
    Então, O CINEMA E CORDEL, teve essa unidade, com a presença das professoras RUTH e MARGARIDA acompnhado pelo Professor JOSEMAR e os alunos do EJA da nossa querida escola, CEJA.Todos entenderam a boa imagem dos Célebres Jesusítas, que coloquei no Cordel e com o filme e nossaS palestra na abertura, EU e jOSEMAR todos compreenderam essa ferramenta histórica CINEMA e um especial CORDEL, escrito por mim, poeta e escritor,
    Zé Santana, Parabéns professores e alunos.

    Embrace to you! The future is here!!! ZS >>>

    ResponderExcluir
  8. Zé, espero que futuramente você possa escrever outros cordéis com temas históricos. Assim, nós abriremos novamente o espaço do cine História. Quem sabe sobre Canudos. Até a próxima.

    Professor Josemar.

    ResponderExcluir
  9. francisco Josmey Miranda13 de outubro de 2011 07:00

    Josemar. parabens pelo projeto Cinema e História, pois o Nucleo Gestor do CEJA Joaquim Gomes Basilio agradece pela esperiência exitosa dentro da escola. Agradecemos a todas as pessoas envolvidas no projeto.Valeu!!!
    Francisco Josmey Miranda.

    ResponderExcluir