cine950.png

cine950.png
Blog dedicado a divulgação do Projeto História e Cinema, que discute o cinema como ferramenta pedagógica no trabalho com a disciplina História.

domingo, 30 de outubro de 2011

Cinema, História & Consciência Negra

criança negra na bandeira

“O grande desafio da escola é investir na superação da discriminação e dar a conhecer a riqueza representada pela diversidade étnico-cultural que compõe o patrimônio sociocultural brasileiro, valorizando a trajetória particular dos grupos que compõem a sociedade.” (Parâmetros Curriculares Nacionais) 

Dia da consciência negra

Mais uma vez o Projeto História & Cinema dedica o mês de novembro as atividades relacionadas à Consciência Negra. No entanto, vamos certamente ampliar, e muito, o que fizemos nos anos anteriores. Preparamos uma agenda com muita antecipação, e já estamos a cumpri-la, aliás. Os debates sobre o tema já estão sendo feitos desde o final de outubro no CEJA Joaquim Gomes Basílio. As professoras Ruth, Margarida, Rita, Lucília e Cláudia já apresentaram o tema para seus alunos e a socialização de textos e debates já prenunciam que esse ano poderemos, de fato, levar os estudantes a uma reflexão mais profunda sobre esse tema tão fundamental.

Durante o mês de novembro, os alunos farão a leitura de artigos que abordam o translado dos negros para o Brasil, o processo de escravidão, a resistência e a luta abolicionista. Estudaremos as contribuições dos negros no Brasil, a sua batalha por uma inserção justa na sociedade brasileira atual, e claro, o preconceito racial que ainda existe, infelizmente. Ao final dos debates serão produzidos cartazes sobre cada um desses subtemas, que serão expostos no dia 22 de novembro, durante a culminância de nossas atividades no CEJA. Nesse dia teremos apresentação de capoeira, comidas típicas africanas e palestras sobre o Dia Nacional da Consciência Negra.

mão branca e mão negra

E o cinema? Claro, os debates girarão em torno das produções que iremos exibir. Sim, dessa vez teremos duas datas. No dia 11 de novembro convidaremos os alunos a assistirem os curtas-metragens: A incrível história da mulher que mudou de cor e O Xadrez das Cores. No dia 18 exibiremos Invictus. Dirigido por Clint Eastwood, o filme Invictus conta a história do presidente sul african04o Nelson Mandela (Morgan Freeman) que usa o esporte para unir a população, durante uma copa do mundo no País. O detalhe é que a maioria dos jogadores do time são brancos que antes segregavam os negros. Habilmente Mandela dá ao país uma lição de como perdoar e superar as diferenças. 

Em o Xadrez das Cores, Cida, uma mulher negra de quarenta anos, vai trabalhar para Maria, uma velha de oitenta anos, viúva e sem filhos, que é extremamente racista. A relação entre as duas mulheres começa tumultuada, com Maria tripudiando em cima de Cida por ela ser negra. Cida atura a tudo em silêncio, por precisar do dinh01eiro, até que decide se vingar através de um jogo de xadrez. Este filme dirigido por Marco Schiavon em 2004, recebeu diversas premiações em festivais como o do Festival de Cinema Brasileiro de Miami, Festival de Cinema e Vídeo de Curitiba e do Jornada de Cinema da Bahia. Já em A incrível história da mulher que mudou de cor, dirigido por Marcelo Santiago em 2004, Mercedes é uma jovem e sonhadora empregada doméstica. Certo dia, algo estanho acontece: de negra que é, ela se torna branca. Esse acontecimento sobrenatural desencadeia circunstâncias constrangedoras em sua vida, quando descobre uma das facetas mais cruéis do preconceito racial. 

Iniciamos nossas atividades ainda em outubro, quando nos reunimos para montar uma programação em torno do tema Brasil Afro-descendente: conhecendo nossa identidade. Pois, como já mencionei, além dos trabalhos desenvolvidos tradicionalmente em torno dos filmes exibidos no CineHistória, teremos apresentação de capoeira, declamação de poesias, comidas típicas africanas, etc.Vejam como ficou nossa programação para os meses de outubro e novembro:

07/10  entrega dos textos aos professores para estudo individual e orientações sobre o Projeto;

14/10  estudo coletivo, socialização dos textos;

17/10  estudos dos textos com os alunos – debates;

20/10  estudo dos textos com os alunos – socialização;

09/11  estudo dos textos com os alunos;

11/11  exibição dos curtas-metragens: Xadrez das cores e A incrível história da mulher que mudou de cor;

16/11  alunos postarão seus comentários no blog do CineHistória;

14/11  produção dos trabalhos nas salas de aula;

18/11  exibição do longa-metragem Invictus;

21/11  ornamentação da escola;

22/11  culminância: exposição dos trabalhos, apresentação de poesia, música e capoeira.

Abaixo as fotos do dia do planejamento em que organizamos a programação:

IMAG0160 IMAG0162IMAG0164

não ao preconceito

Na escola Afonso Tavares de Luna continuaremos com nossa abordagem interdisciplinar. Dessa vez, contamos com a inserção de mais duas disciplinas: Geografia e Ensino Religioso. Nesta, a professora Euda trabalhará o conhecimento das religiões africanas e afro-brasileiras. Em Geografia, apresentarei uma coletânea de slides sobre o continente africano, suas características físicas e elementos espaço-culturais, seus povos, bem como sua interação com o ambiente, com foco na estrutura produtiva e macroeconômica.

Em História, discutiremos o translado dos africanos para o Brasil, ou seja, o escravismo colonial como fator propulsor do deslocamento dos povos vindos para o Brasil. Claro, estudaremos a escravidão em si, mas ressaltando a resistência a ela, nascedouro histórico daquilo que denominamos Consciência Negra. Por fim, falaremos sobre a situação dos afrodescendentes no Brasil de hoje, as políticas afirmativas, a sua inserção no mercado de trabalho e sobre o racismo velado que alguns estudiosos afirmam existir em nossa sociedade. É sobre a ideia de preconceito racial, principalmente, que tratam os dois curta-metragens que iremos exibir nas aulas de Artes. Como iremos fazer no CEJA, foram escolhidos O xadrez das cores e A incrível história da mulher que mudou de cor.

negros sorrindo

Além desses curtas, exibiremos também uma série de vídeos sobre o Dia Nacional da Consciência Negra, com o intuito de fomentar ainda mais o debate, que será estendido às aulas de Português, onde os alunos produzirão textos de opinião sobre os filmes e as aulas a respeito da cultura afro-brasileira. Lembrando que esses textos serão posteriormente digitados nas aulas de Informática, para depois serem postadas aqui no blog.

DSC00863

Para finalisar, a disciplina de Inglês contribuirá mais uma vez conosco, desta feita com a tradução de frases sobre o racismo e textos sobre a cultura africana. Pessoal, sei que com a contribuição de todos, o trabalho renderá aprendizado e refelxão. De antemão, muito obrigado.

jovens negros painel

Vejam abaixo um vídeo excelente sobre o tema que estamos trabalhando com trilha de Gabriel, o pensador.