cine950.png

cine950.png
Blog dedicado a divulgação do Projeto História e Cinema, que discute o cinema como ferramenta pedagógica no trabalho com a disciplina História.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Cinema e Ditadura Militar: 50 anos do golpe

exército

Ao amanhecer do dia 01 de abril de 1964, o Brasil mergulhou em um dos períodos mais negros de sua história. A interrupção do processo democrático e a instalação de um regime de exceção levaram o país a um retrocesso do qual nós ainda não nos recuperamos totalmente. A construção de um projeto de governo ditatorial e restritivo foi gradualmente eliminando os laços entre o povo e os princípios de um estado de direito legítimo e participativo. E o resultado foi um povo despido de uma nação.

Felizmente não vivemos mais esses anos de chumbo. No entanto, não podemos abrir mão de refletirmos historicamente sobre esse período ainda recente de nosso passado, pois precisamos aprender com ele. É necessário reagirmos diante dessa herança que ainda nos persegue em vários sentidos, mas antes temos que reconhecermo-nos como herdeiros dessa nação que está sendo reconstruída sobre os escombros das limitações democráticas impostas pela ditadura militar.

latuff-tortura1

É por isso que escolhemos esse tema para nortear as atividade do Projeto História e Cinema durante o primeiro semestre desse ano. E de antemão, convido a todos os leitores do blog a acompanhar esse trabalho e contribuir com ele, seja com  comentários ou até mesmo com a sugestão de filmes que podem ser trabalhados em sala de aula abordando os vários ângulos que envolvem o contexo dos anos de chumbo: o golpe, a luta armada, o aparelhamento de tortura, a censura, a abertura política, etc..

O  CEJA Joaquim Gomes Basílio é a escola que novamente sediará os eventos, mas dessa vez por força de adaptar o projeto as novas circunstâncias, tivemos que fazer algumas mudanças nele, que a meu ver só o enriquece, pois novos desafios levam a novas descobertas. Esse sempre foi e será um dos objetivos que justificam sua existência: proporcionar novas possibilidades para o uso do audiovisual, variando sua aplicabilidade em relação ao seu público-alvo.

Em nossa escola, a partir de 2014, não teremos mais a modalidade presencial, assim tive que mudar o foco no que diz respeito ao corpo de alunos atendidos diretamente pelas atividades do CineHistória. Agora, os alunos convidados a participar dos eventos serão os da modalidade semipresencial. E como o contato com esses alunos não é diária, até pela natureza da modalidade, a metodologia do trabalho teve que sofrer algumas alterações importantes.

Neste primeiro momento estamos fazendo uma campanha de esclarecimento sobre o projeto, explicando individualmente a cada aluno a importância de sua participação e o convidando a se fazer presente nas datas de exibição do filme e nos debates sobre o tema. Então, serão disponibilizadas quatro datas para que os alunos tentem encaixar uma delas em suas agendas para se fazerem presentes.

O filme base que escolhemos para a exibição será O que é isso, companheiro?, do diretor Bruno Barreto. Entre outras possibilidades, achamos que ele sintetiza alguns dos elementos que pretendemos discutir com os alunos. Não obstante, a ideia é exibir também alguns trechos de documentários e reportagens de tv que abordem os eventos relacionados aos 50 anos do golpe.

companheiro

Quero ressaltar também que estamos trabalhando a mesma temática nas atividades do Planejando com cinema (pra quem não conhece o projeto, é só dá uma olhada nas postagens anteriores). Através das exibições de documentários, discução de artigos, estamos montando um plano de curso sobre a ditadura, além de aumentar os nossos conhecimentos sobre o assunto.

Na próxima postagem, farei um apanhado geral dos eventos, tanto do CineHistória como do projeto Planejando com Cinema. Até lá e obrigado pelo acesso. Fico aguardando os comentários!

Professor Josemar!

luto

11 comentários:

  1. DITADURA NUNCA MAIS ! JÁ SE PODE ENTENDER ESSES TEMPOS INFERNAIS!!!
    JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ, NO CINE HISTÓRIA, NO CEJA, SEUS PROJETOS SÃO BONS DEMAIS, PORQUE O É TÃO CAPAZ, E NAS PALESTRAS COM O POETA ZÉ SANTANA, NENHUMA AULA SE COMPARA, TODO FOCO E FILMAGEM,
    COM ALUNOS INTERAGEM!!!

    - THE POET, WRITER, AND DRAMATURGO TOO CORDELISTA E CONFERENCISTA... ZS, YES!!! THE POET OK!!!

    ResponderExcluir
  2. A escola é um espaço de produção e socialização de ideias. Toda a comunidade escolar, inclusive a sociedade, também participa desse processo. Docente e discente são peças basilares nessa construção significativa. O projeto História e Cinema, sem dúvida, é um elemento fundamental nessa engrenagem educativo-pedagógica. Há um bom tempo já havia discutido com o professor Josemar as atividades que iriam ser desenvolvidas nessa conjuntura. É de suma importância o contexto escolar abordar momentos como esses. Acredito que isso seja algo natural à nossa prática educativo-pedagógica. É fundamental analisarmos e entendermos os acontecimentos passados para que possamos também entender os desencadeamentos da sociedade vigente. Dessa forma, o Cinema constitui-se como elemento de investigação, de questionamento. Na educação, a sétima arte constitui-se não apenas como um elemento ilustrativo, mas como elemento de subversão, como ferramenta crítica. É a arte (Cinema) a favor da ciência (História). É a arte enriquecendo as discussões educacionais, que não deixam de ser sociais, politicas, econômicas e culturais. Proporcionar uma discussão sobre o período da ditadura militar sob a ótica cinematográfica é, sem dúvida, uma atividade que enriquece a discussão e promove visões críticas sobre o momento histórico analisado, além, obviamente, de proporcionar ao educando uma visão complexa dos fatos, sob uma visão continua, pois o Cinema (estou me referindo, especialmente, a imagem em movimento) acarreta uma visão mais detalhada e continua do espaço, dos fatos, dos acontecimentos.

    Professor Valdir!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ao professor Josemar pelo maravilhoso e gratificante trabalho que ele vem desenvolvendo através desse projeto. Aqui vai uma sugestão para enriquecer mais ainda o seu trabalho. São os títulos de mais alguns filmes para entender a ditadura militar no Brasil: - Manhã Cinzenta (1968) , Olney São Paulo; - Pra frente, Brasil (1982) Roberto Farias; - Nunca fomos tão felizes (1984), Murilo Salles - Cabra marcado para morrer (1984), Eduardo Coutinho - Ação entre amigos (1998), Beto Brasil - Cabra Cega (2005), Toni Venturi - O ano em que meus pais saíram de férias (2006) Cao Hamburger; - Hoje (2011), Tata Amaral; - Tatuagem (2013), Hilton Lacerda.

    ResponderExcluir
  4. Muito grato pelas indicações, caríssimo (a). Já assisti alguns desses títulos, destaco “Cabra marcado para morrer”, de Eduardo Coutinho. Josemar, acho bastante interessante a exibição de entrevistas e trechos de documentários. Alvitro a exibição do programa Roda Viva que, coincidentemente, foi exibido na mesma data em que o golpe foi deflagrado dia (31/03), às 22h, pela TV Cultura, o vídeo pode ser acessado e baixado do youtube. O entrevistado da vez foi Almiro Afonso, ex-ministro de João Goulart. As a entrevista não girou apenas em torno de discussões que envolveram o governo de Jango, mas do período ditatorial em si.

    Professor Valdir!

    ResponderExcluir
  5. Valioso é saber JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ, que quem passou pelo CEJA, vê que a OBRA CINEMATOGRÁFICA, perpetua, nos ensinamentos EDUCATIVO-PEDAGÓGICO, como relator, nossa ilustre ACADÊMICO, - VALDIR ESTRELA, um dos amigos estudioso, que passou por nós, JOSEMAR E ZÉ SANTANA... na triagem do CINE HISTÓRIA, e no dinamismo dos comments. E agora a DITADURA MILITAR, nos seus 50 anos, além do PROJETO, num breviário palestra conferência, eu Zé Santana... entro no PROJETO, com talvez um pequeno lançamento do CORDEL, - DITADURA, A ORDEM NA DESORDEM, - UM BRASIL NA REPRESSÃO!!! Estamos apoiando aquilo que muito embora foi doloroso, mas ficou na história esse documento, de um escrito que deveria vir com letras cinzentas, mas no alcance mídia, vem documento vivo, e podemos dizer com GERALDO JOSÉ DE ALMEIDA, - QUER QUER ISSO MINHA GENTE? Agora o filme muda o SLONG aproveita o bom de repóter exportivo GERALDO JOSÉ DE ALMEIDA, e se dá não um grito de alegria, mas de espanto, - ' O QUE É ISSO COMPANHEIRO!!! Assistam e comentem, no CINE HISTÓRIA DO CEJA a página é para todos, temos o aval, da grande diretora, - MARIA DO CARMO e ilustríssimo, MISTER DA HISTÓRIA, JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ, O poeta é apenas um AMIGO DA ESCOLA, com também AMIGO DA SAÚDE e DA VIDA DIGNA, respeito e progressso, nunca regresso, e DITADURA JAMAIS!!! DEMOCRACIA SEMPRE.... SEMPRE, ou como fala os norte americanos, FOREVER...!!!! ZS, YES, THE POET OK, EX-ALUNO DO CEJA JOAQUIM GOMES BASÍLIO, e também fui palestrante cooperador do CINEMA e do PAPI em aulas SAÚDE BÁSICA, i are here!!! In CEJA, THE STUDENT TOO friend equip.

    ResponderExcluir
  6. O CORDEL - A DITADURA MILIATAR, - A ORDEM NA DESORDEM, está sendo uma fonte de pesquisa e estudos para o ENEM e MANOGRAFIA, aproveitem também o seu conhecimento e, conhecer melhor os tamas expostos, conversem com JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ ou o POETA ZÉ SANTANA... Missão Velha-Ce, 8 salas viram a aula do poeta ZS, nessa área, ontem pela manhã e, a tarde a sala de Vídeo, também em Missão Velha-ce, exitiu um momento de conhecimentos e textos educacionais a respeito do tema. Valioso para os alunos esse despertar para o ENEM, hoje no JUAZEIRO no MEMORIAL e nas ruas Avenidas e lá no PLAZA esteve o poeta, Zé Santana... Obrigado Mister Educador, Josemar, Jardel e Josmey pelo apoio sobre o CORDEL DA DITADURA. Quando o CEJA me convocar participarei, mas só pela manhã ou a tarde. Poeta Zé Santana... Fui estudante do Ceja, hoje estudo via internet e Cine Históra, e universidades de várias localidade via mundo. Poeta ok/ Zé Santana... José Marcelino da Rocha.

    ResponderExcluir
  7. Estamos vivendo o tempo de COPA DO MUNDO e, dentro do CORDEL- A DITADURA A ORDEM NA DESORDEM, - UM BRASIL NA REPRESSÃO, - Vou abrir mais uma página desse CORDEL, do qual, EU, O POETA ZÉ SANTANA sou autor :

    - Os anos 70 veio o grito da Nação,
    O Brasil é campeão, da COPA DO MUNDO,
    Entrou a TV em cores, a felicidade bem vista,
    E existe uma explosão das torcidas, canções
    Slongan, - EU TE AMO... MEU BRASIL! mas
    A DESORDEM ESCURA, DOM E RAVEL.
    Encanta a JUVENTUDE E, FERE A CULTURA,
    Com suas composições, não frisa TORTURAS.
    E assim, compactuou para alavancar a DITADURA,
    E esconder os ARROCHOS E TORMENTOS,
    Como se tudo estivesse tudo bem,
    E freiou a DEMOCRACIA!!!

    DOM E RAVEL, para nossa SUPRESA, CEARENSE, e quem foi o PRIMEIRO DITADOR, nesses tempos escuros, do PODER MILITAR, foi CASTELA BRANCO, também CEARENSE, OH!! Ceará, dependente, e atrelando lutas do povo brasileiro, que entrava em marcha, a favor do retorno, da DEMOCRACIA e A LIVRE EXPRESSÃO. POETA ZÉ SANTANA...fui aluno do CEJA, e o melhor, o CINE HISTÓRIA, no COMANDO do MISTER EDUCADOR, JOSEMAR, ZS, EL POET OK/

    ResponderExcluir
  8. Agora depois da DITADURA MILITAR, todo o processo educacional, foi valioso, tragam agora GETÚLIO, e gente que não suportou a DITADURA, - CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE E JORGE AMADO.

    - DRUMMOND - Um poeta, que não se vendia, rejeitou 10 DÓLARES de GETÚLIO VARGAS, porque sua DIGNIDADE não estava a venda, por isso que gosta desse MINEIRO, porque ele se identifica comigo. Eu o POETA ZÉ SANTANA... também não se vende, sou como CARLOS DRUMMOND, IDEOLOGISTA.

    - JORGE AMADO- Grande figura da escrita baiana, um ADVOGADO num asumidade em LIVROS e DOCUMENTOS bainos, escreveu sua OBRA PRIMA - CAPITÃES DE ARREIA, taxou 2 MILHÕES DE MENINO DE RUA, ou melhor MENINOS NA RUA, e GETÚLIO, queimou seu LIVRO em praça pública e, ainda o expulsou do país. Um escritor internacional fez um questinamento, - GETÚLIO FOI O PAI DOS POBRE ? Se ele foi o PAI DOS POBRES, é porque primeiro ele foi a MÃE DOS RICOS.

    - José Marcelino da Rocha, el Poeta Zé Santana... The Eagle to fly!
    In ZONAL DEL CARIRI-CE, BRAZIL,- EDUCADOR- POETA, ESCRITOR TOO CONFERENCISTA.

    - Ex-ALUNO cooperador do CINE HISTÓRIA DO CEJA, a melhor EDUCAÇÃO de Brejo Santo-Ce, passa pelo CEJA. Amigos e alunos vão ao CEJA, conversem com JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ, - MARIA DO CARMO- JOSEMEY E TIA LURDES TOO MARIA DE FÁTIMA EQUIPE, e vejam bons resultados educacionais, 50 anos da DITADURA MILITAR e se pensa 60 de GETÚLIO VARGAS ( um ditador, foi Getúlio, de carta na manga) para desdobrar e enganar o povo pobre e inculto do nosso país, chamado BRASIL!!! > Zs ,, In zona delmCARIRI-CE, I am here!!! THE EAGLE TO FLY!!

    ResponderExcluir
  9. Quando todo estudante souber depois da prova do ENEM, o tempo que perdeu vendo o que não devia e, que a DITADURA MILITAR, não cai não, como eles revelam para seus pais, se surpreenderam, pois se já se criou a COMISSÃO DA VERDADE, a DITADURA MILITAR, foi a REALIDADE de ontem, que até hoje é polêmica, e documento vivo, a todo instante chegando. Eu sou aluno do CEJA ONLY, gosto muito do Blog, http!!: cinehistoriaeduc.com.br, porque é fonte de pesquisa e de alto nível, o Cine Historia no comando JOSEMAR DE MEDEIROS CRUZ, quem estudar pelo blog vai conhecer melhor o solo em que pisa, e a ajuda que O CEJA, está trazendo nos temas, DITADURA MILITAR, eu já fiz até um CORDEL, - DITADURA MILITAR, A ORDEM NA DESORDEM -, que tornou-se AULA, em MISSÃO VELHA, na ESCOLA MONSENHOR FEITOSA, LECIONEI em 9 SALAS DO ENSINO MÉDIO ( primeiro ao segundo cientifico, que ia até sair essa aula no 3 DVD do poeta Zé Santana, mas a aula e especial, e teve um comentário e um efeito tão grandioso, de LIRA e equipe, que todos verão o que fez o aluno ONLY do Ceja, POETA ZÉ SANTANA.). Agora se pensa no CEJA sobre GETÚLIO VARGAS que nessa ano EMBLEMÁTICO, fazem 60 anos do DITADOR, da carta manga), Eu indico o CEJA a todos que querem fazer o DIFERENCIAL, aprendi tanto lá, HISTÓRIA EM PAINÉIS, via WORLD, que em MILAGRES, ministrei palsestras para os MESTRE E EDUCAÇÃO, lá no SALÃO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAS- MILAGRES, tive o chamado para participar o aval de minha doce amiga, -CÍCERA ARISTÍDES, um peso pesado, no conhecimento DIREITO, SINDICALISMO E EDUCAÇÃO, em MILAGRES-CE e em MISSÃO VELHA, a fila EDUCACIONAL como o CEJA a fila anda a todo vapor.

    Parabéns, EDUCADOR, GUERREIO POLIVALENTE para transformação social, E resultas, - QUALIFE!!! the poet, ZS, yes!!! - Diretamente THE CENTER CULTURE AND LITERATURE -ZE SANTANA in Street, Balbina Viana Araias, 405, too ANTONIO JACINTO,number, 621

    ResponderExcluir
  10. E vamos esperar GETÚLIO VARGAS, suas obras inacabadas, e suas gafes administrativas. Com ALUNO ONLY, estou em CAMPO no nosso dimensional e referencial, - CEJA - JOAQUIM GOMES BASÍLIO em Brejo Santo -Ce. Vamos estudar, você que é jovem, venha com Zé Santana... via blog ou dando uma " espiadinha ", nos filmes sobre DITADURA MILITAR ou a perspectiva de novo projeto, GETÚLIO, acertos, erros, num ditatorial, impresso em vídeo ou DVD, em análise e detalhemento para você estudante ensino MÉDIO ou UNIVERSIDADE,aqui a realidade sem meda da verdade, a EDUCAÇÃO acontece,via WORLD too via CINEMA, PALESTRAS E CONFERÊNCIAS, - O EDUCADOR, - JOSEMA DE MEDEIROS CRUZ, te trás luz educacional, onde em nenhum COLÉGIO do BRASIL acontece, fui aluno PRESENCIAL DO CEJA, hoje sou aluno ONLY, via blog, um das GRADES de pesquisa para o poeta Zé Santana. tempos bons avais, nossa grande HERE!!!diretora - MARIA DO CARMO too TIA LURDES, JOSMEY & CIA,.In CEJA,

    I AM HERE!!! Faço valer o que é bom e merece repeteco, o CINE HISTORIA- É em Brejo Santo -CE, Produções comensinamentos em palestras aberturas. Visite-nos, CEJA a estrutura e o BLOG - cinehistoriaeduc.com.br

    -EL POETA ZÉ SANTANA... MY NAME IS - JOSÉ MARCELINO DA ROCHA...

    ResponderExcluir
  11. O CORDEL -GETÚLIO VARGAS, UM DITADOR DE CARTA NA MANGA, está se esgotando a primeira edição, e não vou fazer a segunda agora. Posso afirmar que minha satisfeição e o efeito desse CORDEL, enche minha alma de glória, em assitir JORGE AMADO e CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, na nossa QUERIDO REDE GLOBO, eu, que nesse cordel, mostrei Carlos Drummond e Jorge, sendo atingido de cheio pelo DITADOR - GETÚLIO VARGAS, então, o CORDEL, escrito por mim, - JOSÉ MARCELINO DA ROCHA, do conhecido POETA ZÉ SANTANA... já se destaca dos demais, por ter atingido a mídia, e ninguém poder dizer que inventei, agora todos que viram Jorge e Carlos, verificaram o poder da ESCRITA, do poeta Zé Santana... Que bom que nossa ESCOLA CEJA, fizesse um PROJETO em cima do tema: GETÚLIO VARGAS - UM DITADOR de carta na manga
    - I am the poet, writer too lecturer,
    Studente school - Ceja Joaquim Gomes Basíio, Brejo Santo -ce,
    Hoje Professor de Música, Teatro e dança, no COLÉGIO MARIETA CALS, em MILAGRES-CE. ( confirmem isso, tenho dito e me identifico, El poeta ok/ Zé Santana...

    ResponderExcluir